Indústria e Gestão 4.0 da eEver

O QUE É?

Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial é uma expressão que engloba algumas tecnologias para automação e troca de dados e utiliza conceitos de Sistemas ciber-físicos, Internet das Coisas e Computação em Nuvem.

PARA QUE SERVE?

A Indústria 4.0 facilita a visão e execução de “Fábricas Inteligentes” com as suas estruturas modulares, os sistemas ciber-físicos monitoram os processos físicos, criam uma cópia virtual do mundo físico e tomam decisões descentralizadas. Com a internet das coisas, os sistemas ciber-físicos comunicam e cooperam entre si e com os humanos em tempo real, e através da computação em nuvem, ambos os serviços internos e intra-organizacionais são oferecidos e utilizados pelos participantes da cadeia de valor.

COMO SE APLICA?

As fases de implementação serão definidas de acordo com a maturidade da empresa e o entendimento sobre os desafios a serem enfrentados e o entendimento do grau de investimento relacionado ao custo/benefício na implementação, planejando-se o grau de desenvolvimento real da empresa.

  1. Fase digital básica
  2. Fase de integração verticalizada
  3. Fase de colaboração horizontal
  4. Fase digital avançada

ONDE SE APLICA

O conceito de Indústria 4.0 promete o aumento da produtividade, eficiência e lucratividade das empresas por meio de tecnologias digitais para o gerenciamento de dados.

  • Monitoramento do tempo dos ciclos
  • Manufatura conectada na Indústria 4.0
  • A Internet das Coisas para manutenção preditiva
  • Realidade Aumentada para operações e treinamento
  • Monitoramento da qualidade dos produtos

RESULTADOS

Menos custos: Como a tecnologia é baseada em nuvem, não serão necessárias muitas pessoas para gerenciar e manter sistemas, o número de funcionários irá diminuir, uma vez que as máquinas irão fazer muitas funções que hoje adotamos pessoas para realizá-las, tendo assim um trabalho mais rápido, e com menor custo.

Operações em tempo real: Utilizando a tecnologia, será possível a construção de um banco de dados, vindo diretamente dos processos de produção da fábrica, em tempo real. desse modo, operar em tempo real irá auxiliar em grande escala na tomada de novas decisões da empresa.

Manufatura modular: As máquinas poderão ser alteradas/reprogramadas com facilidade, dessa forma, a flexibilidade nos processos de produção irá ser maior, permitindo a facilidade na criação de novos produtos, alterando algum produto já existente, já que a forma de alterar as máquinas será mais rápida.

Operações integradas: Com a adoção do Sistemas ciber-físicos, as fábricas ficarão mais inteligentes, dessa forma, a infraestrutura será capaz de estabelecer contato com a cadeia de fornecedores e clientes, tendo assim, uma demanda mais sincronizada, proporcionando mais benefício à empresa.

Otimização: A otimização é importantíssima para uma empresa, com a otimização da indústria 4.0, a empresa que utiliza os dispositivos inteligentes, terá tempo de inatividade quase zero, já que as máquinas não precisam de descanso como as pessoas, oferecendo maior número de produção, com menor custo e mais facilidade, não precisando da mão de obra humana.

Solicite um orçamento ou visita técnica

Qual tipo de empresa é a sua? (Obrigatório)

Qual serviço você deseja? (obrigatório)

Supportscreen tag